Brasil (PT-BR)
  • Eventos

    APCER Sessions 2020 | Creative leadership

    There is no translation available.

    Junte-se a nós, no dia 17 de novembro às 12h (horário de Brasília)/ 15h (horário de Lisboa/Portugal), para uma edição online do evento APCER Sessions "Creative Leadership". A liderança criativa e eficiente será o mote para o evento que conta com os maiores especialistas da área.

     

    Saiba mais

  • Destaques

    COVID SAFE - novo serviço APCER

    There is no translation available.

    Com o objetivo de restabelecer a confiança e segurança aos colaboradores, clientes e parceiros das organizações, a APCER disponibiliza o serviço COVID SAFE.

    Este serviço tem como base as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), Organização Internacional do Trabalho (OIT), boas práticas e legislação específica definida pelo seu Estado e Município para o setor, no âmbito da pandemia mundial COVID-19. Estas auditorias permitem verificar no local a implementação de procedimentos e práticas de segurança e saúde, sendo aplicável a qualquer organização.

    Ler mais.

Marcado sob
18 Mai 2020

Como proteger a mercadoria ao longo da cadeia de fornecimento?

There is no translation available.

A segurança na cadeia de fornecimento é crítica para o sucesso de muitas empresas podendo resultar em perdas significativas para o negócio e outras partes interessadas. É, portanto, de extrema importância assegurar a continuidade do fornecimento, evitando disrupções resultantes de perda total ou parcial da mercadoria, roubo, sabotagem, contrafação, terrorismo, questões políticas, causas naturais, falhas operacionais, procedimentos alfandegários demorados, entre outras ocorrências. Estas disrupções impactam na imagem da empresa e podem conduzir à perda de clientes e de negócio. Assim, para minimizar eventuais prejuízos decorrentes de acontecimentos ao longo da cadeia de fornecimento, as empresas devem identificar as ameaças, analisar os riscos e mitigar as consequências através da implementação de controlos e medidas que minimizem os riscos de segurança.

Para dar resposta a este desafio complexo da indústria, foi desenvolvida a ISO 28000, que define os requisitos para um sistema de gestão de segurança da cadeia de fornecimento abrangente, esta norma tem como principais objetivos identificar e reduzir os níveis de risco para as pessoas e carga nas operações da cadeia de fornecimento. A gestão da segurança entra em consideração com muitos outros aspetos relacionados com a gestão do negócio, como atividades controladas ou influenciadas pelas organizações: é o caso dos processos contratados externamente, relevantes para a segurança na cadeia de fornecimento.

Empresas de qualquer dimensão e atividade, que atuem na cadeia de fornecimento, desde produtores, transportes, instalações portuárias e aeroportuárias e prestadores de serviços de transportes de mercadorias, podem implementar e certificar-se de acordo com a ISO 28000. Esta norma trata então, de forma sistemática, potenciais ameaças à segurança em todas as fases do processo de fornecimento, dando especial enfoque à logística, identificando situações relacionadas com terrorismo, fraude, pirataria, entre outras, e tentando, também, mitigar os efeitos dos incidentes de segurança.

A ISO 28000, contudo, não pretende sobrepor-se aos requisitos governamentais nem a referenciais próprios no âmbito da segurança na cadeia de fornecimento, como os da WCO SAFE Framework (World Customs Organization). Por outro lado, organizações certificadas de acordo com esta norma estão em conformidade com parte dos requisitos do programa europeu Operador Económico Autorizado.

A certificação de acordo com a ISO 28000 traz as seguintes vantagens:

• Acesso a novos mercados e a novas oportunidade de negócio, através da demonstração, aos clientes e outras partes interessadas, da implementação de controlos para minimizar os riscos de segurança da cadeia de fornecimento, protegendo as pessoas e os bens e serviços.

• Gestão dos riscos de segurança da cadeia de fornecimento. Através da monitorização e implementação de controlos e medidas, a empresa está preparada para eventuais acontecimentos disruptivos.

• Reforço da segurança dos processos de geração de valor, através da implementação de medidas de segurança adequadas, após uma análise de risco

• Melhoria da eficácia e redução dos custos, através da gestão eficaz da segurança e consequente redução de incidentes

• Resiliência e proteção da marca: aumento da resiliência da empresa face ao aumento do risco.

 

Confie na cadeia de fornecimento!

 

Rita Sousa | Market Research Manager

Teresa Carvalho de Sousa | Development Manager

Conheça as mais recentes certificações APCER

Download PDF

Conheça as mais recentes certificações APCER

Download PDF

Newsletter APCER

Receba todas as novidades por email

Fale connosco

Entre em contato para pedido de informação ou proposta comercial

Este website utiliza cookies para melhorar sua performance, análise de tráfego e otimizar a experiencia do utilizador. Ao usar este website, concorda com sua utilização.
Mais informação Concordo