Portugal (PT)
  • Destaques

    Sustentabilidade e Desperdício Alimentar | Adesão ao Movimento Unidos Contra o Desperdício

    Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), por ano, cerca de um terço dos alimentos produzidos no mundo para consumo humano são perdidos ou desperdiçados. Na União Europeia, o desperdício alimentar atinge 88 milhões de toneladas por ano, o que significa que cerca de 20% dos alimentos produzidos são desperdiçados. Em Portugal são desperdiçadas 1 milhão de toneladas de produtos alimentares por ano, o que equivale a 97 quilos de comida desperdiçada por cada um de nós.

    Ler mais.

Tagged em
20 Jan. 2022

Certificação de projetos no Setor Florestal

A floresta e os produtos de base florestal são cada vez mais relevantes na economia mundial, com um crescente reconhecimento da importância das florestas na sustentabilidade do planeta e da necessidade urgente de reverter a sua degradação. A floresta é fonte de inúmeras matérias-primas e produtos tais como madeira, cortiça, celulose, papel, borracha, fruta, cogumelos e biomassa, para energia. Na construção, a madeira usualmente utilizada começa a ganhar uma nova perspetiva como alternativa segura e sustentável que contribui para o armazenamento de carbono, proporcionando uma nova dinâmica e novas oportunidades para este setor no que toca a estruturas, marcenaria, carpintaria, e mobiliário, com maiores exigências em termos de sustentabilidade e qualidade.

A gestão sustentável das florestas faz parte do 15º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, «Proteger a Vida Terrestre: Preservar, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e reverter a degradação do solo e travar a perda de biodiversidade».

Assegurar que os produtos são provenientes de florestas geridas de forma sustentável através da certificação florestal e da cadeia de custódia, em todo o processo de transformação até ao consumidor final, é uma ferramenta fundamental para atingir este objetivo. É aqui que entra a iniciativa da certificação florestal sustentável, o FSC® - Forest Stewardship Council, quer a nível florestal quer a nível de cadeia de custódia, cuja procura é cada vez maior.

A publicação da norma FSC-STD-40-006 V2 para certificação de projetos fomenta a utilização de madeira na construção e no mobiliário. Com este objetivo, a Câmara Municipal de Lugo certificou o primeiro edifício em Espanha. Segundo Lara Méndez, Presidente da Câmara Municipal de Lugo, «O edifício municipal Impulso Verde… em Lugo não só já se tornou uma referência por ser a semente do primeiro bairro multi-ecológico a ser construído de raiz em Espanha, com madeira galega como elemento estrutural e um modelo de construção e desenho de espaços mais amigos do ambiente para uma cidade que procura ser neutra em carbono para fazer face à emergência climática, como também é um exemplo de que este incentivo deve ser sempre realizado tendo em consideração a promoção de uma gestão florestal responsável e sustentável.

Para Lugo, um município integrado numa província que é a maior produtora de madeira em Espanha, com 60% do mercado, esta gestão sustentável dos recursos naturais locais é fundamental para equilibrar a massa florestal com as novas utilizações da madeira com o objetivo de revitalizar o setor através de uma segunda e terceira transformação. Este facto encorajaria a nossa aposta na bioeconomia local e na dinamização rural, o que levaria à fixação da população.

Neste sentido, na Câmara Municipal consideramos fundamental incorporar madeira certificada FSC na Impulso Verde, construída a 100% com madeira local, para promover a gestão florestal sustentável nas plantações galegas e na cadeia de valor. Além disso, a possibilidade de aplicar a norma FSC-STD-40-006 para certificação de projetos é considerada uma mais-valia para o projeto Impulso Verde.

É o primeiro edifício a ser certificado com a norma de projeto FSC em Espanha (FSC-STD-40-006), pelo que também se espera que tenha um elevado impacto e incentive outras iniciativas de construção em madeira a certificarem os seus projetos».

A esta procura por certificação, junta-se o reconhecimento da importância dos benefícios dos serviços dos ecossistemas florestais, que permitem aos proprietários florestais demonstrar o impacto das suas atividades e aceder aos mercados emergentes.

A certificação assegura uma avaliação independente e imparcial das práticas da organização, contribuindo para o seu desenvolvimento, impulsionando o seu crescimento e permitindo o acesso a mercados cada vez mais exigentes.

A APCER pode contribuir para o negócio das organizações, colocando a sua experiência de 25 anos ao serviço deste sector com uma equipa especializada e dedicada.

Venha conhecer-nos!

 

Silvia Ochoa
Business Developer | APCER Espanha

Conheça as mais recentes certificações APCER

Download PDF

Conheça as mais recentes certificações APCER

Download PDF

Newsletter APCER

Receba todas as novidades por email

Fale connosco

Entre em contacto para pedido de informação ou proposta comercial

Este website utiliza cookies para melhorar a sua performance, análise de tráfego e otimizar a experiencia do utilizador. Ao usar este website, concorda com a sua utilização
Mais informação Concordo