Portugal (PT)
APCER selo

Pesquisa de Normas

Área de Certificação

Setor

Norma

V-Label: Certificação vegana ou vegetariana

Certificação

Cada vez mais consumidores escolhem produtos vegetarianos ou veganos. Até 2021, mais de 3.500 empresas já confiavam no selo V-Label e mais de 45.000 produtos ostentavam o selo.

 

O selo V-Label está presente em mais de 30 países e 97% dos consumidores afirma que já viu o símbolo V-Label.

A presença do selo V-Label nos produtos facilita a identificação de produtos vegetarianos ou veganos e permite às marcas diferenciarem os seus produtos no mercado cada vez mais competitivo. A certificação V-label é aplicável a diversos setores, desde o alimentar, têxtil, cosmética e produtos de limpeza.

Criada pela União Vegetariana Europeia em 1996, na Suíça, a V-Label materializa-se num selo internacionalmente reconhecido que identifica produtos vegetarianos ou veganos, e é atribuído pelo cumprimento de critérios presentes em diretivas internacionais, estipuladas pelo Comité Internacional da União Vegetariana Europeia (UVE), o organismo a nível europeu que tem procurado uniformizar a compreensão dos conceitos "vegetariano" e "vegano".

  • Produto Vegetariano: se não contiver animais ou partes de animais. Na sua produção pode ser adicionado ou usado: leite, colostro, ovos, mel, cera de abelhas, própolis ou suarda (wool grease), incluindo lanolina derivada da lã de ovelha viva — o mesmo se aplica aos seus componentes.
  • Produto Vegano: se não forem de origem animal e se em nenhuma das etapas de produção e processamento, tenham sido usados, ou tenham sido suplementadas com:
    • ingredientes e componentes (incluindo aditivos, agentes de transporte, corantes, fragrâncias, aromas e enzimas) ou;
    • adjuvantes/auxiliares de processamento (tecnológicos ou outros) ou;
    •  substâncias que não são aditivos, mas que são utilizadas da mesma forma e com as mesmas características tais como adjuvantes/auxiliares tecnológicos, quer transformados, quer não transformados, de origem animal.

 

As organizações que pretendam a colocação do selo V-label nos seus produtos vegetarianos ou veganos, devem assegurar o cumprimento de um conjunto de critérios internacionalmente reconhecidos.

 

 A APCER é uma das entidades habilitadas pela Associação Vegetariana Portuguesa para realizar auditorias para certificação V-Label em Portugal.

 

Os principais benefícios da implementação e posterior certificação de acordo com este referencial são:

Valorização dos produtos e aumento da confiança dos consumidores, através da realização de auditorias por uma entidade independente;

Diferenciação dos produtos e projeção internacional, através da aposição do selo V-Label em produtos certificados e em materiais ou campanhas promocionais aprovadas pela V-Label;

Divulgação dos produtos através da rede nacional e internacional de consumidores que acompanham a V-Label (ex. redes sociais, website);

Reconhecimento internacional: o selo está presente em 30 países e é reconhecido pelos consumidores;

Cumprimento de critérios internacionais, padronizados e aceites pela European Vegetarian Union;

Contribuir para o bem-estar social, económico e ambiental.

Ações de formação em destaque
Estamos cá para o ajudar! Solicite mais informações ou uma proposta para prestação do serviço:

Newsletter APCER

Receba todas as novidades por email

Fale connosco

Entre em contacto para pedido de informação ou proposta comercial

Este website utiliza cookies para melhorar a sua performance, análise de tráfego e otimizar a experiencia do utilizador. Ao usar este website, concorda com a sua utilização
Mais informação Concordo